terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Reiteração

Não, eu não deveria estar escrevendo, não a essa hora da madrugada, mas essa dor não me deixa escolha. Eu não poderia estar me importando tanto. Eu também não deveria olhar todos os contatos da minha agenda esperando encontrar algum pra quem eu possa ligar a essa hora. Eu também não deveria imaginar os sorrisos, os abraços, as conversas. Eu não deveria criar momentos em mim mesma, nem questionar ausência. Eu não poderia estar querendo abraços de pessoas que sequer lembram-se de mim. Eu não poderia me arrepender do que tinha certeza. Não deveria desprezar o abraço dos que realmente estão aqui, dos que viriam correndo caso eu precisasse. Eu deveria saber encontrá-los. Eu não deveria estar chorando. Eu não poderia ter tantas incertezas. Não deveria me sentir tão só.
Mas essa dor não me deixa dormir.
Mas essa incerteza não me deixa em paz.

Eu não deveria escrever na primeira pessoa.

3 comentários:

Alquimista de Sonhos disse...

"Eu não deveria escrever em primeira pessoa"... Penso a mesma coisa.
E poxa, você sabe que eu não durmo cedo, né? Claro que há ao menos 1 contato na sua agenda pra quem você pode ligar s2

Lola disse...

Estava a procura desesperada de blogs com seu tipo de escrita, parece que sumiram? Hahahaha.
Deveria deixar-se escrever sim pelas madrugadas, é delas que saem os mais brilhantes textos!
Se puder dar uma olhadela em meu blog, te coloquei em meus favoritos.
Beijos!
http://sweetjaneand.blogspot.com.br/

Gabi P. Deutner disse...


Oláá! Tudo bem com vocÊ?

Estou seguindo vc!!!

Sempre muito boas suas postagens!
Adoro passar por aqui!
Seu blog é sempre repleto de assuntos interessantes
que instigam minha curiosidade!
Parabéns pelo que escreve, adoro seu cantinho!

Um grande beijo e um ótimo fim de semana!

se cuide

;**