domingo, 21 de novembro de 2010

Antes.

- Eu estava sentindo falta disso - falou ao abraça-la -, me faz bem.
- Do quê? - seus olhos estranhamente mais claros do que de costume aquela noite piscaram para disfarçar as lágrimas de saudade.
- Da tua pele, de como você tenta não rir das minhas besteiras, de como sua mão passa pelo meu rosto.
- A escolha foi sua. E essa parte de mim permanece aqui ainda, congelada. Esperando algumas palavras para poder quebrar o gelo e voltar...
- Queria que ainda fosse cedo...

5 comentários:

Inercya disse...

Awn, adorei o dialogo (:
Nao se pode voltar atrás, ne? :x
;*

H. Steiner' disse...

Um dos posts mais sentimentalmente tristes que já li por aqui.
Mas ao mesmo tempo tão lindo!

Hm, tenho que admitir que já tentei viver sem Deus, não acreditar na existência dEle, sabe?
Mas e se eu dizer que foi um tentativa totalmente inútil?
Não dá certo, quando Ele já faz parte de nós.

:*

Vanessa Mendes disse...

ADOOOOOOOOOOREI *-*
pra mim o amor faz crescer e muito ,mais é uma pena que não seja com todos !
garanto que tu seria menos complicado :*

Marina Mbrs disse...

lindo, lindo. tão sensível.

André S. Lima disse...

Lindo, Stéphs, lindo!